Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

o outro cantinho da Maria

este cantinho é um complemento ao cantinho da casa onde publicarei as minhas leituras, os desafios e as minhas fotografias.

o outro cantinho da Maria

06
Set21

um sonho recorrente # 6

Maria Araújo

iStock-830089950.jpg

Há noites que sonho muito.

Mas quando se trata de sonhos que me afligem, e de repente acordo, tenho noção  doque sonhei, comento para mim própria " foi um pesadelo, já passou. deita-te".

Os sonhos recorrentes tem que se lhe diga, sobretudo porque sonho com pessoas que são queridas e meigas, falo muito com elas... mas nunca consigo ver-lhes os rostos.

E quando são sonhos de amor (não de sexo)  e não quero que acabem no melhor da coisa, acordo!... E quero voltar a dormir e que o sonho volte. Mas isto nunca aconteceu.

Há anos, conheci uma senhora que me disse que devia ter um caderno e um lápis na mesa de cabeceira, e quando acordasse, durante o sonho, para registar, na hora, o que sonhei.

Com os registos poderia interpretar estes sonhos.

Era o que me faltava! 

 

06
Set21

um objecto cotidiano - # 5

Maria Araújo

Diapositivo1_1_R.jpg

imagem daqui

 

Mala de mão

Há pessoas que trazem a mala cheia de tudo.

Eu, não.

O meu tudo é o mínimo que preciso quando saio de casa: chaves de casa e do carro, telemóvel, espelho pequeno, lenços de papel, porta-moedas, uma ou duas máscaras, e o que ficará para sempre nos meus hábitos: o gel de mãos.

Gosto delas à tiracolo, e de mão. 

Actualmente,uso as de tiracolo, mas os meus ombros têm dado sinal de que, mesmo com pouco peso, a idade está apesar e eles já não suportam peso.

Vindo o outono, mudo de modelo. Usarei enfiada no braço, com os mesmo objectos do cotidiano.

 

 

 

06
Set21

uma pessoa amada # 4

Maria Araújo

 

9-aspectos-sobre-as-pessoas-que-pensam-com-o-corac

imagem daqui

 

Amar uma pessoa, não tem de ser necessariamente alguém por quem nos apaixonamos.

Pondo de parte o amor pela família, há amigas e amigos que amo de coração.

A M é uma delas.Uma pessoa que está sempre presente para  os amigos. Tem os seus problemas, os filhos,a profissão,os pais. Tem duas irmãs,mas os pais só podem contar com ela.

Uma vida muito ocupada, aproveita os pequenos momentos do fim desemana  para me desafiar para jantar, comermos um hamburguer, uma pizza, darmos um passeio e conversar.

Depois há o J. 

Um homem simples, genuíno,com um humor que me agrada muito.

Raramente o vejo.

Por vezes, quando vinha ao centro da cidade tratar dos seus negócios e andava por perto da minha casa, ligava-me para tomarmos um café.

Gosto muito do o ouvir e ele gosta de me ouvir.

A pandemia veio tirar alguns prazeres destes encontros inesperados mas cheios de cumplicidade.

 

 

 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

a ler

desafio de leitura

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub